COMO EU DESCOBRI O SISTEMA DA ARTE? (2)

Descobrir esta Arte para minha Pessoa, não foi nada Fácil

Continuando sobre o primeiro assunto de Como eu Descobri o Sistema da Arte. Eu tive três professores principais na área, sendo que um dois dos mesmos eram grandes mentores, um muito conhecido na cidade de Cachoeiro de Itapemirim no meio Marcial o outro, veio de Minas Gerais e estava de passagem pela cidade.

O professor de Cachoeiro, embora muito inteligente e saber sobre vários assuntos, tanto Marciais como Medicinais-holísticos, era mais focado em seus ensinamentos por meio de lutas, mas, buscando apresentar de forma saudável.

 

A sua maneira de ensinar, não era única, mas, a forma que as pessoas de fora observavam, fazia com que este sistema de ensino era de causar estranheza ou até medo, por não conhecer…

Mas, o que era estranho? Acredite, hoje em dia é muito normal observar um caminho de Arte Marcial, ou alguém praticando Tai Chi sem acreditar, que este é maluco, ou está fazendo Ballet em um lugar que não é apropriado. Era assim que O Cachoeiro em sua maioria me via no passado.

Nasci, em uma cidade que evoluiu a pouco, em questões de tecnologia (informação) como também, de capacidade de aprender qualquer assunto, sem ter que rotular ou mistificar algo que ela não sabe ou nunca ouviu falar.

Era muito difícil para minha pessoa. Vejamos um exemplo, claro, que passei em minha família: Quando se pratica meditação, sua mente com o tempo fica mais pacifica, porém, mais atenta quando algo está ao redor. Seus Cincos sentidos, ficam mais aguçados e você passa a ter sensibilidade em algumas coisas ou até mesmo um pouco de stress que foi no meu caso, quando um de seus sentidos está mais aflorado.

 

Cena do filme: Os Vingadores

 

Foi mais ou menos, quando descobri estes fatos, que me fez um dia querer escrever sobre isso. Podendo de alguma forma, ajudar alguém sobre estas curiosidades, ou até mesmo contribuir com alguns métodos científicos.

CONTINUA NO PRÓXIMO ARTIGO…